# 22

22 # carta para alguém a quem queres dar uma segunda oportunidade





olá,
não é segunda oportunidade, nem a terceira, nem a quarta, é para aí a sexta ou sétima. mas tu não mudas. muita gente te tentou ajudar a ultrapassar a isso, a deixares de mentir vezes sem conta, a deixares de enganar-te a ti mesma e a todas as outras pessoas . tudo tem um limite e eu estou a chegar ao meu. farta de te visar estou eu e não mudas. estiveste praticamente sozinha durante 3 meses, e mesmo assim não aprendeste. do que precisas tu? isso é doença, vai curar-te, fala com a tua mãe, vai a um médico, vai a uma psicóloga, faz algo e muda! tu assim só vais perder mais e mais amigos. que raio de pessoa és tu? onde queres ir assim? sabes que eu já estou cansada disto tudo, sabes que eu não vou suportar mais nenhuma mentira tua, e podes esquecer a minha existência. conseguiste destruir qualquer tipo de confiança que tínhamos uma na outra, conseguiste destruir a nossa amizade, conseguiste destruir tudo. podes destruir todas as coisas que tens minhas, esquecer todas as recordações e cenas pela qual passámos ao longo destes 3 anos, tu metes nojo, juro-te. como pudeste rebaixar uma pessoa por um erro que ela cometeu quando tu fizeste exactamente igual? como é que mudaste de opinião! és tão influenciável. escondeste todas as merdas que fizeste de toda a gente. mostras ser alguém que não és. 3 anos de mentira, 3 anos e falsidade, estive estes 3 anos com uma pessoa desconhecida. como fizeste isto? não entendo como tiveste coragem para tanto. mentias até com o mais absurdo, mudavas de opinião e de gostos do dia para a noite. tens 16 anos,já tens idade para pensar nas tuas atitudes, para teres cuidado com as merdas que fazes. estou completamente cansada de ti. onde pensas chegar assim? só espero que te apercebas que assim não vais longe, mas lembra-te que não contes mais comigo. estou no limite contigo.


até um dia,
inêsrebelo